O fim da saudade

Ele a aguardava na catraca. Coração acelerado, girassol na mão esquerda, e suor na direita. Não se sentia direito, checava em pequenos intervalos se o penteado estava onde deveria estar, e se o perfume já não tinha virado fumaça com toda a demora dela. Tinha que estar tão incrível quanto ela era. Ele não entendia…